Kyosho McLaren MP4/12 Mercedes-Benz Presentation 1:64.

Essas são as miniaturas da McLaren que testaram na pré-temporada de 1997 com Mika Hakkinen e David Coulthard.

Os carros causaram muito impacto com a pintura na cor laranja que era a cor dos carros da McLaren no final dos anos 60.

Foi uma pintura provisória do novo patrocínio da equipe, os cigarros West.

DSCN6864

DSC_0128

Kyosho McLaren MP4/11 Mercedes-Benz 1:64.

Essas são as miniaturas da McLaren que correu na temporada 1996 com Mika Hakkinen e David Coulthard e foi projetado por Neil Oatley.

1995 tinha sido um ano decepcionante devido a problemas de dirigibilidade e confiabilidade no primeiro ano da parceria com a Mercedes-Benz.

O segundo ano foi mais produtivo, mas a equipe ainda ficava atrás das 3 grandes (Williams, Ferrari e Benetton).

O melhor resultado foi um segundo lugar de Coulthard no caótico GP de Mônaco.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/McLaren_MP4/11

DSCN7381

DSC_0127

Kyosho McLaren MP4/9 Peugeot 1:64.

Essas são as miniaturas da McLaren que correu no mundial de 1994 com Mika Hakkinen e Martin Brundle.

Projetado por Neil Oatley, foi uma decepção por não conseguir vencer nenhuma corrida devido a pouca confiabilidade e desempenho do motor Peugeot (o mesmo utilizado pelo 905 que ganhou 2 vezes em Le Mans).

No início da temporada, Ron Dennis achava que a rivalidade entre a Peugeot e Renault levaria a um rápido desenvolvimento e desempenho do motor, mas sucessivas quebras (as vezes espetaculares) fizeram a equipe anunciar um novo fornecedor de motores para 1995… a Mercedes-Benz que continua até hoje.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/McLaren_MP4/9

DSC_0125

DSC_0126

Kyosho McLaren MP4/3 1:64.

Essas são as miniaturas da McLaren que correu o mundial de 1987 da Fórmula 1 com Alain Prost e Stefan Johansson.

Projetado por Steve Nichols depois que John Barnard deixou a equipe em Agosto de 1986 para entrar na Ferrari.

Foi o primeiro carro totalmente novo desde o vitorioso MP4/2 que estreou em 1984.

Foi com esse modelo que Alain Prost venceu pela 28ª vez na carreira (GP Portugal) quebrando o recorde que era de Jackie Stewart com 27 vitórias.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/McLaren_MP4/3

DSCN7379

DSC_0124

Johansson passou um grande susto ao atropelar um veado que atravessou a pista nos treinos do GP da Áustria.

1987-Zeltweg-JohanssonetleCerf

(Atualizei esse post depois de encontrar a foto da miniatura do Prost no meio de minha bagunça organizada que é meu PC… rs)

Kyosho McLaren MP4/2 Porsche 1:64.

Essas são as miniaturas da McLaren que Alain Prost e Niki Lauda disputaram o mundial de 1984 da Fórmula 1.

Ambos eram excelentes acertadores de carro e Prost venceu 7 corridas contra 5 de Lauda, mas no fim do campeonato Lauda venceu pela diferença de 0,5 ponto graças a interrupção da corrida de Mônaco antes dos 3/4 de corrida completados.

A McLaren era uma das poucas equipes a utilizar freios de carbono o que dava uma grande vantagem em circuitos travados, dias quentes e secos.

Sua superioridade era mais evidente nos circuitos de alta velocidade, apesar de não ser o carro mais rápido nos treinos classificatórios pois não utilizava motor de classificação.

Era o mais confiável e consistente chegando a terminar algumas corridas com 1 volta de vantagem sobre os rivais.

Enfim um dos melhores carros de Fórmula 1 de todos os tempos.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/McLaren_MP4/2

DSC_0122

DSC_0123

Kyosho Lotus 81 Ford 1:64.

Tem 2 coleções que comecei mas não consegui terminar, ambas da Kyosho.

Uma delas é da McLaren e a outra da Lotus.

Eram vendidas nas lojas de conveniência daqui do Japão no formato caixa surpresa.

Eram 24 carros cada e dependendo da sorte dava para fazer as duplas de cada modelo.

Essas são as miniaturas que Mario Andretti e Elio de Angelis correram no mundial de 1980.

Ao contrário de seus ilustres antecessores era um modelo “asa” convencional feito para gerar uma grande quantidade de downforce mas sofreu com problemas de acerto.

Seu melhor resultado foi um 2º lugar no GP do Brasil de 1980 com de Angelis e esse modelo foi usado até a 5ª etapa do mundial de 1981 quando foi substituído pelo polêmico Lotus 88.

Nigel Mansell estreou na Fórmula 1 pilotando o 3º carro da equipe.

DSC_6613

DSC_0121

Editei esse post porque encontrei a miniatura do carro do Andretti numa loja de usados em Suzuka.

%d blogueiros gostam disto: