Ferrari F1 & Racing Collection nº 70 – 312 T5.

Essa é a miniatura da Ferrari 312 T5 que o canadense Gilles Villeneuve correu na temporada de 1980.

Projetado por Mauro Forghieri foi uma evolução fracassada da 312 T4 campeã de 1979.

Villeneuve marcou apenas 6 pontos ficando na 14ª colocação no mundial de pilotos.

A Ferrari foi 10ª colocada no mundial de construtores com 8 pontos.

Fonte: http://it.wikipedia.org/wiki/Ferrari_312_T5

DSC_7119

Um vídeo desse carro…

 

Anúncios

Ferrari Collection 1980-1984.

Mais 8 miniaturas da Ferrari Collection entre 1980 e 1984.

Clique no link acima da foto para maiores detalhes.

 

1980 – Mondial Coupe.

DSCN8133

 

1980 – 512 BB LM.

DSCN6269

 

1982 – 512 BB LM.

DSC_5865

 

1982 – 308 GTB Gr. 4.

DSCN8115

 

1982 – 126 C2.

DSCN6239

 

1983 – Mondial Cabrio.

DSCN6275

 

1984 – Testarossa.

DSCN6244

 

1984 – 288 GTO.

DSCN6235

Ferrari Collection nº 60 – Mondial Coupe.

Essa é a miniatura da Ferrari Mondial Coupe, um 2+2 produzido entre 1980 a 1993.

Com design Pininfarina, o nome veio do famoso 500 Mondial, carro de corrida dos anos 50.

Com motor V8, 2927cc, 214PS, câmbio manual de 5 marchas, 230 Km/h de velocidade máxima, faz de 0 a 100 km/h em 7.7 segundos e 1505 Kg de peso.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Ferrari_Mondial

DSCN8133

Um vídeo do programa Top Gear.

Ferrari Collection nº 41 – 512 BB LM.

Essa é a miniatura da Ferrari 512 BB LM que correu nas 24 horas de Le Mans de 1980 com os belgas Jean Xhenceval, Pierre Dieudonné e Hervé Regout.

O trio terminou na 10ª colocação geral com 312 voltas.

Com motor 12 cilindros boxer, 4942cc, 500bhp, câmbio manual de 5 marchas, 1050 Kg.

Fonte: http://www.ultimatecarpage.com/car/163/Ferrari-512-BB-LM.html

DSCN6269

A miniatura indica 1981, mas o correto é 1980.

Achei um vídeo de uma 512 BB LM.

Kyosho Lotus 81 Ford 1:64.

Tem 2 coleções que comecei mas não consegui terminar, ambas da Kyosho.

Uma delas é da McLaren e a outra da Lotus.

Eram vendidas nas lojas de conveniência daqui do Japão no formato caixa surpresa.

Eram 24 carros cada e dependendo da sorte dava para fazer as duplas de cada modelo.

Essas são as miniaturas que Mario Andretti e Elio de Angelis correram no mundial de 1980.

Ao contrário de seus ilustres antecessores era um modelo “asa” convencional feito para gerar uma grande quantidade de downforce mas sofreu com problemas de acerto.

Seu melhor resultado foi um 2º lugar no GP do Brasil de 1980 com de Angelis e esse modelo foi usado até a 5ª etapa do mundial de 1981 quando foi substituído pelo polêmico Lotus 88.

Nigel Mansell estreou na Fórmula 1 pilotando o 3º carro da equipe.

DSC_6613

DSC_0121

Editei esse post porque encontrei a miniatura do carro do Andretti numa loja de usados em Suzuka.

%d blogueiros gostam disto: