Minichamps McLaren Ford MP4 1:43.

Essa é a miniatura da McLaren Ford MP4 que o Irlandês John Watson venceu o GP da Inglaterra de 1981.

Projeto de John Barnard, o carro foi feito em fibra de carbono fornecidos pela empresa americana Hercules Aerospace onde trabalhava Steve Nichols que se juntou a equipe.

Como resultado surgiu um carro leve e resistente que conseguiu se impor em algumas pistas onde os turbos não levavam tanta vantagem sobre os motores aspirados.

Essa vitória de Watson marcou também a primeira de um carro construído em fibra de carbono.

Fontes: https://en.wikipedia.org/wiki/McLaren_MP4/1

https://en.wikipedia.org/wiki/1981_British_Grand_Prix

DSC_0522

Ferrari F1 & Racing Collection nº 97 – 308 GTB Turbo.

Essa é a miniatura da Ferrari 308 GTB Turbo da equipe Carma FF que correu nas 6 horas de Silverstone em 1981 com os italianos Martino Finotto e Carlo Facetti.

A dupla desistiu depois de 95 voltas com problemas no câmbio.

Fonte: http://www.teamdan.com/archive/wsc/1981/81silv.html

DSC_0822

Um vídeo amador dessa corrida.

Fujimi Ferrari 126CK Canada GP 1981 1:20.

Esse é o kit da Ferrari 126CK que o canadense Gilles Villeneuve e o francês Didier Pironi correram o GP do Canadá de 1981.

Num show de pilotagem, Villeneuve terminou a prova na 3ª colocação com o bico do carro quebrado.

Pironi desistiu na volta 24 com problemas na ignição.

Fonte:  http://www.ultimatecarpage.com/car/166/Ferrari-126-CK.html

DSCN5413

Fujimi Ferrari 126 CK Spain GP 1981 1:20.

Esse é o kit da Ferrari 126 CK  que o canadense Gilles Villeneuve e o francês Didier Pironi correram no GP da Espanha de 1981.

Projetado por Mauro Forghieri e Antonio Tomanini, foi o primeiro modelo da Ferrari a utilizar turbocompressor na F1 seguindo o exemplo da Renault que começou 4 anos antes.

Embora fosse difícil de conduzir e raramente confiável, a Ferrari ficou mais próxima das equipes de ponta.

Villeneuve venceu a corrida seguido por Laffite, Watson, Reutemann e de Angelis colados nele.

Pironi chegou num modesto 15º lugar.

Fonte: http://www.ultimatecarpage.com/car/166/Ferrari-126-CK.html

DSCN5394

Ferrari F1 Collection nº 6 – 126CK.

Essa é a miniatura da Ferrari 126CK que Gilles Villeneuve correu no mundial de 1981.

Desenhado por Mauro Forghieri e Antonio Tomanini, foi o primeiro modelo da Ferrari a utilizar turbocompressor na F1 seguindo o exemplo da Renault que começou 4 anos antes.

Embora fosse difícil de conduzir e raramente confiável, a Ferrari ficou mais próxima das equipes de ponta.

Villeneuve ganhou 2 corridas (Mônaco e Espanha) e terminou o mundial de pilotos na 6ª colocação com 25 pontos.

Fonte:  http://www.ultimatecarpage.com/car/166/Ferrari-126-CK.html

DSC_2509

 

Fiz um vídeo com um review dessa mini…

Kyosho Lotus 88 Ford 1:64.

Essas são as miniaturas da Lotus 88 de 1981 que foi desenhado por Colin Chapman, Peter Wright, Tony Rudd e Martin Ogilvie.

Evolução da Lotus 86, a Lotus 88 usou um engenhoso sistema de chassis duplo, um dentro do outro.

O chassis interior iria manter o cockpit e seria independente do chassis exterior que foi projetado para ter pressão do efeito solo começando logo atrás do nariz do carro e extendendo no interior das rodas traseiras produzindo grandes quantidades de downforce.

Os pilotos Nigel Mansell e Elio de Angelis disseram que o carro foi agradável de dirigir e responsivo.

O carro foi construído extensivamente em fibra de carbono, tornando-o junto com McLare MP4/1 o primeiro carro a usar o material em grande quantidade.

Outras equipes ficaram indignados com essa exploração nos regulamentos e protestaram na FIA argumentando que o sistema de chassis duplos violava as regras nos termos dos dispositivos aerodinâmicos móveis.

A FIA aceitou e proibiu o carro de competir, forçando Chapman a utilizar o Lotus 87 no lugar desses.

Chapman foi categórico quanto a legalidade do carro e desafiou a FIA e as equipes usando o carro nos treinos do GP de Long Beach, Brasil e Inglaterra.

A Lotus 88 continua a ser uma curiosidade quanto a sua competitividade, pois nunca chegou a estreiar em corridas.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Lotus_88

DSC_6614

DSC_6615

Kyosho Lotus 81 Ford 1:64.

Tem 2 coleções que comecei mas não consegui terminar, ambas da Kyosho.

Uma delas é da McLaren e a outra da Lotus.

Eram vendidas nas lojas de conveniência daqui do Japão no formato caixa surpresa.

Eram 24 carros cada e dependendo da sorte dava para fazer as duplas de cada modelo.

Essas são as miniaturas que Mario Andretti e Elio de Angelis correram no mundial de 1980.

Ao contrário de seus ilustres antecessores era um modelo “asa” convencional feito para gerar uma grande quantidade de downforce mas sofreu com problemas de acerto.

Seu melhor resultado foi um 2º lugar no GP do Brasil de 1980 com de Angelis e esse modelo foi usado até a 5ª etapa do mundial de 1981 quando foi substituído pelo polêmico Lotus 88.

Nigel Mansell estreou na Fórmula 1 pilotando o 3º carro da equipe.

DSC_6613

DSC_0121

Editei esse post porque encontrei a miniatura do carro do Andretti numa loja de usados em Suzuka.

%d blogueiros gostam disto: