Ebbro Lotus 72C 1:20 (45-Terminado).

E finalmente as fotos que tirei com meu celular da Lotus 72C que o piloto brasileiro Emerson Fittipaldi venceu pela 1ª vez no GP dos EUA de 1970 no circuito de Watkins Glen.

Projeto de Colin Chapman e Maurice Philippe, Emerson fez sua estréia com esse modelo nos treinos para o GP da Itália mas um acidente nos treinos livres de sexta-feira na curva Parabólica acabou com suas chances de disputar a corrida.

Com o acidente fatal de Jochen Rindt nos treinos classificatórios de sábado na mesma curva Parabólica, a Lotus acabou não disputando as corridas da Itália e Canadá para retornar no GP dos EUA.

Rindt era o líder do campeonato e apenas Jacky Ickx poderia ganhar o campeonato se ganhasse as 3 corridas finais.

Com essa vitória de Fittipaldi, em sua 4ª participação em GPs, Rindt tornou-se campeão póstumo da Fórmula 1.

foto (331)foto (332)foto (333)foto (334)foto (335)foto (336)foto (337)foto (338)

Kit muito rico em detalhes, levei quase 8 meses para terminar.

Aqui mais fotos que tirei com minha camera digital.

DSC_4870DSC_4871DSC_4872DSC_4873DSC_4874DSC_4877DSC_4878DSC_4879DSC_4882DSC_4883DSC_4884DSC_4885DSC_4886DSC_4887DSC_4888DSC_4889DSC_4890DSC_4891DSC_4893

Espero que gostem e vou continuar mostrando outros modelos que estou fazendo no momento…

Anúncios

Union Lotus 49B 1:24.

Esse é o kit da Lotus 49B que o inglês Graham Hill correu no GP do México de 1968.

Projetado por Colin Chapman e Maurice Philippe foi uma evolução do carro lançado em 1967.

Hill venceu a corrida e foi campeão mundial com 48 pontos.

A Lotus foi campeã de construtores com 62 pontos.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/1968_Mexican_Grand_Prix

agfgf 037

A folha de decalques permite fazer o carro que participou do Tasman Series de 1969.

Tamiya John Player Special Lotus 72 D 1:12.

Esse é o kit da Lotus 72D que Emerson Fittipaldi foi campeão da F1 em 1972.

Projetado por Colin Chapman e Maurice Philippe em 1970, o 72D foi a 3ª atualização do modelo com melhorias na suspensão e asa traseira para ter mais downforce.

O trabalho de desenvolvimento feito em 1971 ajudou Fittipaldi a tornar o mais jovem campeão mundial da história da Fórmula 1 em 1972 vencendo 5 corridas (Espanha, Bélgica, Inglaterra, Áustria e Itália).

A Lotus foi campeã de construtores com 61 pontos.

Esse recorde foi quebrado por Fernando Alonso em 2005 e posteriormente por Sebastian Vettel em 2010.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Lotus_72

gfgf 086

%d blogueiros gostam disto: