Formula 1 Machine Collection nº 6 – Ferrari 312 T2 1:43.

Essa é a miniatura da Ferrari 312 T2 que correu no GP Brasil de 1977 com o austríaco Niki Lauda.

Depois de perder o título de 1976 para James Hunt a Ferrari introduziu algumas modificações para 1977 tornando assim 312 T2B mas nas 2 primeiras corridas (África do Sul e Brasil) ainda foi usado o carro de 1976 o que deixou Lauda descontente com a performance do carro mesmo tendo ganho a trágica corrida de Kyalami onde Tom Pryce perdera a vida.

Na corrida de Interlagos, Lauda terminou na 3ª colocação a 1 minuto e 47 segundos do vencedor Carlos Reutemann.

Ao final do campeonato Lauda abandonou a equipe após o GP do EUA  depois de conseguir o bi-campeonato com 72 pontos.

A Ferrari foi campeã de construtores com 95 pontos.

Fontes: https://en.wikipedia.org/wiki/1977_Brazilian_Grand_Prix 

https://en.wikipedia.org/wiki/Ferrari_312T#312T2_(1976)/312T2B_(1977-1978)

https://en.wikipedia.org/wiki/1977_Formula_One_season

DSC_5577

Fiz um vídeo com um review dessa mini.

 

Anúncios

Ferrari F1 Collection nº 54 – 312 T2.

Essa é a miniatura da Ferrari 312 T2 que o austríaco Niki Lauda correu em 1977.

Lauda venceu 3 corridas (África do Sul, Alemanha e Holanda) e foi campeão com 72 pontos.

A Ferrari foi campeã de construtores com 95 pontos.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Temporada_de_F%C3%B3rmula_1_de_1977

DSC_5030

Um vídeo com um resumo do GP da África do Sul de 1977 marcado pelo trágico acidente de Tom Pryce e o fiscal de pista Frederick Jansen van Vuuren .

 

Tamiya Brabham BT46 Alfa Romeo (Clear Cowl) 1:20.

Esse é o kit da Brabham BT46 Alfa Romeo que correu em 1978 com o austríaco Niki Lauda e o irlandês John Watson.

Projetado por Gordon Murray, o carro apresentava uma inovação de usar paineis trocadores de calor ao invés dos radiadores convencionais.

O conceito não funcionou na prática e foi removido antes da 1ª corrida da temporada.

Lauda venceu 2 corridas (Suécia com a versão Fan Car e Itália) terminando o campeonato na 4ª colocação com 44 pontos.

Watson teve um segundo lugar (Itália) como melhor resultado e foi 6º colocado no mundial de pilotos com 25 pontos.

A Brabham foi vice-campeã de construtores com 69 pontos.

Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Brabham_BT46

DSCN5503

Esse modelo também foi pilotado por Nelson Piquet em 2 corridas (Canadá e Argentina) e se achar os adesivos vou montar a versão dele.

Tenho também a primeira versão que a Tamiya lançou.

agfgf 033

Marui Ferrari 312T 1:24.

Esse é o kit da Ferrari 312T que correu em 1975 com o suíço Clay Regazzoni e o austríaco Niki Lauda.

Projetado por Mauro Forghieri,  a caixa de câmbio transversal permitiu que fosse colocado à frente do eixo traseiro melhorando o centro de gravidade.

Com 5 vitórias (Mônaco, Bélgica, Suécia, França, EUA) Lauda foi o campeão com 64 pontos e meio.

Regazzoni venceu o GP da Itália e foi o 5º colocado no mundial de pilotos com 25 pontos.

A Ferrari foi campeã de construtores com 89 pontos e meio.

Fonte: http://www.f1technical.net/f1db/cars/335/ferrari-312t?sid=9e3891502c1d735ac5efc41ccaad5b40

DSCN6225

Esse kit encontrei numa loja de usados e apesar de estar iniciado resolvi arriscar.

O problema é que não sei como fazer para soltar as peças que estão coladas…

Ferrari F1 Collection nº 43 – 312 T2 (6 Wheeler).

Essa é a miniatura da Ferrari 312 T2 (T6) que Niki Lauda testou na temporada de 1977.

Mauro Forghieri fez sua versão de 6 rodas colocando um par de pneus dianteiros na parte traseira visando ter um melhor arrasto sem perder a aderência.

Foi feito uma nova suspensão traseira, mas era muito frágil e o projeto não seguiu adiante.

Fonte: http://f1nostalgia.blogspot.jp/2008/09/projetos-no-concretizados-ferrari-312t6.html

DSC_4983

Como não achei vídeo desse carro, colocarei fotos desse modelo.

1977carlosreutemannferriv81977ferrari312t6fioranoki8lauda-3ferrari-t6-inline-lauda-tra1977nikilaudaferrari312mj3

Ferrari F1 Collection nº 30 – 312B3.

Essa é a miniatura da Ferrari 312B3 que Niki Lauda correu em 1974.

Depois de um ano pífio em 1973 a Ferrari promoveu uma série de mudanças na equipe com Luca di Montezemolo na direção esportiva e Mauro Forghieri encarregado de reformular o fracassado projeto de Sandro Colombo num carro vencedor.

Lauda venceu 2 corridas (Espanha e Holanda) terminando o mundial na 4ª colocação com 38 pontos.

A Ferrari foi campeã de construtores com 90 pontos.

Fonte: http://www.ultimatecarpage.com/car/156/Ferrari-312-B3-74.html

DSC_2076

Um vídeo do resumo da prova da Holanda com o som ambiente.

 

Hasegawa Ferrari 312T “1976 Brazil GP Winner” 1:20.

Esse é o kit da Ferrari 312T que Niki Lauda venceu o GP do Brasil de 1976.

A Ferrari usou esse modelo até o GP de Long Beach e a partir da corrida da Espanha estreou a 312T2.

A diferença desse kit com a versão de Mônaco 1975 é a asa dianteira.

A folha de decalques vem com a opção do carro de Clay Regazzoni.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/1976_Brazilian_Grand_Prix

DSC_5777

%d blogueiros gostam disto: