Revell Team McLaren Mercedes MP4-20 1:24.

Esse é o kit da McLaren Mercedes-Benz MP4-20 que correu em 2005 com o finlandês Kimi Raikkonen e o colombiano Juan Pablo Montoya.

Projetado por Adrian Newey e Mike Coughlan, foi um carro praticamente novo após os fracassos do MP4-18 e MP4-19.

Raikkonen venceu 7 corridas (Espanha, Mônaco, Canadá, Hungria, Turquia, Bélgica e Japão) e foi vice-campeão com 112 pontos.

Montoya venceu 3 corridas (Inglaterra, Itália e Brasil) e foi 4º colocado no mundial de pilotos com 60 pontos.

A McLaren foi vice-campeã de construtores com 182 pontos.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/McLaren_MP4-20

DSC_0824

Revell Williams Renault FW 19 1:24.

Esse é o kit da Williams Renault FW 19 que correu em 1997 com o canadense Jacques Villeneuve e o alemão Heinz-Harald Frentzen.

Projetado por Patrick Head e Adrian Newey, esse foi o último modelo projetado por Newey que se transferiu para a McLaren.

Villeneuve ganhou 7 corridas (Brasil, Argentina, Espanha, Inglaterra, Hungria, Áustria e Luxemburgo) e foi campeão com 80 pontos.

Frentzen ganhou sua primeira corrida na Formula 1 em San Marino e foi vice-campeão com 41 pontos.

A Williams foi campeã de construtores com 121 pontos.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Williams_FW19 

agfgf 005

Revell Jordan Peugeot 197 1:24.

Esse é o kit da Jordan Peugeot que correu em 1997 com o alemão Ralf Schumacher e o italiano Giancarlo Fisichella.

Projetado por Gary Anderson, a equipe veio renovada com uma dupla ainda inexperiente mas com um bom potencial.

Fisichella teve um 2º lugar na Bélgica como melhor resultado e terminou o campeonato na 8ª posição com 20 pontos.

Ralf foi 3º lugar no GP da Argentina e foi 10º colocado no mundial de pilotos com 13 pontos.

A Jordan foi 5ª colocada no mundial de construtores com 33 pontos.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Jordan_197

agfgf 006

Revell McLaren Mercedes-Benz MP4/12 1:24.

Esse é o kit da McLaren Mercedes-Benz MP4/12 que correu em 1997 com o finlandês Mika Hakkinen e o escocês David Coulthard.

Projetado por Neil Oatley, o carro tinha um segundo pedal de freio em que o piloto selecionava qual roda traseira queria frear. Com isso foi eliminado o problema de understeer e reduzia a wheelspin em saídas de curvas lentas (Em 1998 a FIA proibiu esse sistema).

Hakkinen venceu sua 1ª corrida na F1 no GP da Europa terminando o campeonato na 6ª colocação com 27 pontos.

Coulthard ganhou 2 corridas (Austrália e Itália) e foi 3º no mudial de pilotos com 36 pontos.

A McLaren foi 4ª colocada no mundial de construtores com 63 pontos e teria feito muito mais se não quebrasse tanto.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/McLaren_MP4/12

agfgf 007

Revell Ferrari 412 T2 1:24.

Esse é kit da Ferrari 412 T2 que correu em 1995 com o francês Jean Alesi e o austríaco Gerhard Berger.

Projetado por John Barnard, foi a última Ferrari a vir equipada com um motor V12 que tinha um ronco belíssimo.

Alesi venceu no GP do Canadá e terminou em 5º lugar no mundial de pilotos com 42 pontos.

Berger foi seis vezes 3º lugar e terminou o campeonato na 6ª posição com 31 pontos.

A Ferrari foi 3ª colocada no mundial de construtores com 73 pontos.

Fonte:  http://www.ultimatecarpage.com/car/187/Ferrari-412-T2.html

agfgf 003

Revell Benetton Ford B194 1:24.

Esse é o kit da Benetton Ford B194 que correu em 1994 com o alemão Michael Schumacher, o finlandês J. J. Lehto, o holandês Jos Verstappen e o inglês Johnny Herbert.

Projetado por Rory Byrne e Ross Brawn, foi uma atualização do modelo B193 sem a ajuda eletrônica que foi banida para o mundial de 94.

O carro estava muito competitivo nas mãos de Schumacher e as outras equipes suspeitavam que o B194 não era legal, devido à alta competitividade de um carro de fraca potência.

A FIA abriu uma investigação e um programa de start sequence (launch control) foi descoberto no sistema do computador de bordo, mas sem controle de tração.

No fim, o órgão não conseguiu provar se o sistema foi usado e as queixas foram retiradas.

Schumacher venceu 8 corridas (Brasil, Pacífico, San Marino, Mônaco, Canadá, França, Hungria e Europa) e foi campeão com 92 pontos.

Verstappen foi o 10º colocado no mundial de pilotos com 10 pontos.

Lehto foi o 24º colocado com  1 ponto.

Herbert terminou o ano “zerado”.

A Benetton foi vice-campeã de construtores com 103 pontos.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Benetton_B194

agfgf 004

%d blogueiros gostam disto: